26 abril 2009

Sr. Vento....!

2 comentários:

Anónimo disse...

Contratei o Sr. vento num dia em que percebi que a vida se despedia da minha mãe e que de alguma forma entendi que vinha para ficar muito tempo, como grito ou como afago. Mas melhor do que estas palavras será ler isto:
Passaram os ventos de Agosto, levando tudo.
As árvores humilhadas bateram, bateram com os ramos no chão.
Voaram telhados, voaram andaimes, voaram coisas imensas:
os ninhos que os homens não viram nos galhos
e uma esperança que ninguém viu, num coração.

Passaram os ventos de Agosto, terríveis, por dentro da noite.
Em todos os sonos pisou, quebrando-os, o seu tropel.
Mas, sobre a paisagem cansada da aventura excessiva - sem forma e sem eco,
o sol encontrou as crianças procurando outra vez o vento
para soltarem papagaios de papel.


Cecília Meireles
BB

Cygnus disse...

O meu auto-retrato, faltando ainda a ultima parte.
E um dos videos mais bonitos que conheço.